Blog

Estratégias emergentes
Crédito da imagem: Schwartz | Envato

Estratégias emergentes

Precisamos falar sobre estratégia considerando o ambiente interno nas empresas durante a pandemia do COVID-19 – e isso tem tudo a ver com a cultura corporativa. 

Melhorar a produtividade, proporcionar conforto, elevar o moral e até mesmo o comprometimento dos colaboradores de uma empresa passa pelo engajamento. Cuidar da saúde mental e do clima interno em tempos de pandemia, deve estar na agenda estratégica da empresa.

Uma mudança significativa nas relações e na organização do trabalho foi a implantação acelerada do home office, diminuindo as interações olho no olho. É necessário que a empresa gere estratégias adaptativas que minimizem os riscos e potencialize as soluções envolvendo as equipes.

 

Qual o papel do líder nessa nova realidade?

É função do líder – com base nas “lições aprendidas” da primeira onda - manter uma comunicação transparente e efetiva, ampliar a utilização de canais de vendas digitais, dar e receber feedback, por exemplo.  Um outro item que merece destaque é a habilidade empreendedora, na busca de soluções e na implementação de ações efetivas.

O endomarketing pode – e deve – se tornar um grande aliado quando o assunto é estimular uma cultura organizacional forte.

Uma empresa que não olha de maneira estratégica para seu mais precioso ativo – as pessoas que dela fazem parte – não entendeu ainda que fomentar o engajamento e a colaboração é uma das melhores maneiras de manter a produtividade, contribuir para a segurança psicológica dos colaboradores, sendo relevante para a sociedade.

A GPE Consultoria trabalha com seus clientes com o tema central da Jornada Estratégica 2021 – 2023 “compromisso com o sucesso, gestão ágil, estratégias emergentes, inovação e convivência solidária”.

Fonte: GPE Consultoria

Crédito: Aldo Novaes